strade saloia

Graveleiro/as, bem-vindo/as à Toscânia portuguesa! Trata-se da Região do Oeste, que nas faixas mais próximas de Lisboa é popular e orgulhosamente conhecida como a região saloia - territórios rurais que durante séculos foram a horta da capital e que na atualidade ainda mantêm a vocação agrícola. Apesar da extensão significativamente inferior, a rota 'Strade Saloia' não fica, de todo, atrás da Clássica italiana. Ora vejamos. Este (potencial) sétimo monumento - com aproximadamente 80 quilómetros e mais de 1.000 metros de acumulado - é de uma riqueza paisagística que deixaria qualquer observador da UCI com 'pele de galinha'. Arranca numa viagem histórica através das fortificações das 'Linhas de Torres', passando pela zonas costeiras de Santa Cruz. Retomando as zonas saloia, são percorridos os fantásticos estradões do Vale do Sizandro, finalizando na Serra da Archeira. A rota/desafio 'Strade Saloia'' está classificada com um grau de dificuldade ESTRATOSFÉRICO (2/5).

ABASTECIMENTO

  • KM 26/77 (34/100%) | Localidade: Santa Cruz | Cafés e Grab&Go
  • KM 48/77 (62/100%) | Localidade: Varatojo | Café
  • KM 56/77 (73/100%) | Localidade: Turcifal | Cafés

PONTOS DE ALERTA

  • KM 17-18 | Descida em singletrack e técnica para o vale do Rio Alcabrichel;
  • KM 20-24 | Ciclovia de Santa Cruz mal estruturada e com diversos pontos de perigo;
  • KM 20-28 | Tráfego automóvel intenso na zona costeira de Santa Cruz na época balnear;
  • KM 73-73 | Tráfego automóvel extremamente intenso e rápido na N9.

Vamos arriscar  com esta informação: os estradões do Eco Caminho do Sizandro estão no top 3 das melhores vias 'gravel' de Portugal. Suaves em quaisquer condições meteorológicas, velozes e rodeados por paisagens fantásticas, que vão desde as zonas costeiras aos campos e montes agrícolas saloios. Ninguém diria que estamos à porta da Área Metropolitana de Lisboa. Acrescenta-se o bónus do enquadramento histórico das 'Linhas de Torres'. Conjunto de fortificações que, em harmonia com a orografia, permitiram a defesa e a independência de Portugal durante as Terceiras Invasões Francesas no inicio do século XIX. Chupa Putin! Perdão... chupa Napoleão! A rota vai gradualmente aumentando de dificuldade à medida que se aproximam as zonas de serra. Confessamos: o objetivo seria uma ascensão ao topo da Serra do Socorro, mas fomos surpreendidos pelo alcatrão 'fresco' colocado, recentemente, numa das vertentes da colina. Vivemos num mundo em que a papinha está toda feita para os roadies. Mas encontrámos uma excelente alternativa nas imediações: a Serra da Archeira cumpre, igualmente, o papel destruidor. O ponto de partida e chegada da rota 'Strade Saloia' é na nossa Siena, a cidade de Torres Vedras. Mas se o teu plano é conciliar a aventura com um mergulho no Atlântico, a vila balnear de Santa Cruz é o teu spot chave para arranque e chegada.

'STRADE SALOIA' PARTNER:

RIDERTEMPOPONTOS
043JA03:19:5715
071FP03:44:5915
080RV03:46:5115
070PN04:02:4815
005FS04:07:0010
026MD04:18:4810
028JP04:37:0610
051AP04:42:0410
079MB04:51:256
017LS04:53:556
015RF04:54:036
019PC04:57:106
040MM05:51:544
041AV05:52:134
009LG05:55:004
049DN07:12:004